CraqueNeto10 - SACANAGEM! Como futebol tem POBREZA de espírito, viu?

SACANAGEM! Como futebol tem POBREZA de espírito, viu?

Uma notícia ganhou muita repercussão neste sábado. Em uma entrevista aos canais ESPN - que ainda não foi ao ar - o atacante Roger, artilheiro do Botafogo nesta temporada, afirmou com todas as letras que o clube carioca não se responsabilizou financeiramente por parte da cirurgia que ele fez para a retirada de um tumor no rim. Só pode ser uma brincadeira de mau gosto, não é verdade? Segundo o jogador ele recebeu uma ligação do vice de futebol do Fogão dizendo que não achava justo bancar tudo. É mole?

Quer dizer, o atleta é funcionário do clube e deveria ter as despesas médicas totalmente custeadas. Não consegui entender tamanho desdém. Não à toa o próprio Roger declarou na entrevista que nem se recebesse o melhor contrato da carreira renovaria com o Botafogo. Ou seja, o torcedor acaba perdendo talvez seu principal ídolo por incompetência de dirigente despreparado. Incrível como no futebol ainda tem gente ruim e de tamanha pobreza de espírito.

Agora sim entendo perfeitamente o acerto rápido do Roger com o Internacional para a próxima temporada. E posso falar? Ele tem todo o meu respeito e vou ficar na torcida pela sua recuperação física e técnica. Que ele ARREBENTE e seja artilheiro no Inter! Só não consigo entender como esses dirigentes do Botafogo ainda conseguem colocar a cabeça no travesseiro para dormir tranquilo. É muita cara de MADEIRA! Tá louco!

127 comentários

    • Silvestre 3 dezembro, 2017 at 20:16 Responder

      Neto
      Você criticou o Corinthians por ter renovado com o Danilo quando eles renovaram o contrato dele é agora fica criticando o Botafogo.

  1. Edmar Prado 3 dezembro, 2017 at 01:00 Responder

    A empresa não é obrigada a cobrir as despesas do funcionário, isto acontece em toda empresa , e acho que esses jogadores de futebol tem um bom salário e deveriam se precaver para o caso de doenças, se uma pessoa normal ficar doente você acha que a empresa vai bancar o tratamento, vai parar na fila do inss

  2. Daniel 3 dezembro, 2017 at 01:22 Responder

    Netão o Corinthians tinha demostrado interessar na contratação dele não entendi oq houve !! Incompetência da diretoria corintiana ou não quer apostar nele !! Akele abraço da terra do Burro da central .. Taubaté rumo a primeira

  3. José Ricardo 3 dezembro, 2017 at 01:30 Responder

    O Botafogo paga e o Inter leva ele pra jogar. Ele renovaria com o Botafogo se o clube pagasse integralmente o tratamento? Você não acha que o Inter deveria ajudar, já que o jogador em 2018 estará lá?

  4. SILVIO MARQUES 3 dezembro, 2017 at 01:55 Responder

    Esse cara tem a alma boa.
    Merece ser feliz em outro lugar.
    Mas o futebol machuca os torcedores todos os dias com essas histórias, embora eu pense que gente honesta no futebol é “coisa rara”, desde a presidência dos clubes até os reservas do time B.
    Torço para que eu não esteja enganado com você, Roger, que tem demonstrado no último ano ser um cara de conduta acima das suspeitas.

  5. Fabio 3 dezembro, 2017 at 02:01 Responder

    Não foi bem assim. Roger se contradisse por diversas vezes após sua fala vir a tona e o presidente o rebater. Se ele disse que não ficaria no Botafogo por contrato algum, por que emitiu uma contraproposta ao clube carioca, enquanto negociava com Corinthians e Inter? O contrato dele com o Botafogo não cobria esse tipo de tratamento médico. O clube pagou por toda a cirurgia, restam ainda 2 parcelas de 10 mil reais a serem pagas ao médico. Roger tem histórico, difícil encontrar um clube de onde ele tenha saído pela porta da frente. Sua saída do Botafogo pegou mal na mídia carioca, ele claramente buscou uma forma de justificar. Agora, pegou pior ainda.

  6. Diego 3 dezembro, 2017 at 02:36 Responder

    Desculpa Neto, mas nessa você é o Roger estão errados. Jogadores ganham um absurdo de salário é tem por obrigação pagarem planos de saúde para eles e suas famílias. O clube dá todo o aparato no tocante às lesões durante o contrato, assume todos os custos e oferece toda a estrutura. O clube não tem obrigação de pagar esse tipo de cirurgia. A Band não pagaria a sua, a empresa que eu trabalho não pagaria a minha. Quer dizer que se o Roger bater o carro e não tiver seguro o clube que pague o conserto?? Mandou mal Neto.

    • Antônio Carlos 5 dezembro, 2017 at 15:29 Responder

      Cara … na boa. Eu tenho 50 anos. Acompanhei toda a carreira profissional do Neto. Acredito tratar-se de pessoa íntegra e de bom caráter, mas “MITO” é exagero! Afirmo, sem o menor receio de errar que Neto (no Corinthians) não foi melhor do que Zenon, Rivelino, Marcelinho Carioca, Edilson Capetinha ou Carlitos Tevez (pra ficar só com os jogadores que passaram pelo Corinthians)

  7. César MRT- ABC 3 dezembro, 2017 at 04:40 Responder

    Discordo, os caras recebem puta salários, são cheio de regalias, como aluguéis pagos por clubes reféns e querem que o clube pague suas despesas médicas?
    O trabalhador comum, que são torcedores não tem estás regalias, pq políticos e famíliares, jogadores e algumas pseudo celebridades tem que ter? Essa foi dose heim, discordo totalmente de vc!

  8. giovane moreira 3 dezembro, 2017 at 04:47 Responder

    o cara 100 mil nao pode pagar um plano de saude !
    foi p o inter ganhando 300 mil.!
    ai botafogo tem q pagar p ele jogar no outro time !
    ingrato , ganhou na loteria indo p Botafogo.!
    tinha q agradecet a projecao q ganhou !

  9. Eduardo Enéas 3 dezembro, 2017 at 05:31 Responder

    Neto o presidente do Botafogo disse que Roger tá mentindo. O Botafogo está pagando tudo e, na verdade, o clube não tem obrigação de custear a cirurgia.
    Os demais trabalhadores brasileiros que ganham o mínimo não têm esse privilégio. Ele que ganha 100.000,00/mês deveria ter pelo menos um plano de saúde.

      • Diego 4 dezembro, 2017 at 00:41 Responder

        E cadê a gratidão do Roger? Esse cara até ontem estava passando vergonha no Red Bull. Jogadores custam o que custam por causa de textos como esse seu. Coitado do Zé Francisco que precisa de uma cirurgia dessas e a usina onde ele corta cana não paga para ele. Mandou mal Neto.

      • Davi 4 dezembro, 2017 at 23:16 Responder

        Se liga Neto…
        O Botafogo é um time sem dinheiro, faz de tudo para poder manter os pagamentos em dia, diferente de outros clubes que tem o orçamento mensal muito maior e acabam devendo seus jogadores.
        Eu não tenho plano de saúde, e não fico chorando pelos cantos…
        O jogador Roger ganha uma grana Preta, méritos dele; ele não pode pagar um plano de saúde ?
        E outra coisa ne…
        Quantos títulos pelo Botafogo o Roger tem mesmo? Estamos falando do Tulio ? Não.
        Abaixa a bola Roger, até por que você é um jogar medíocre.

  10. Idres 3 dezembro, 2017 at 05:40 Responder

    Não dizem que o atleta é como um funcionário normal?
    Nunca vi nenhuma empresa custear nada para nenhum funcionário, ainda mais ganhando a bala que ele ganha

  11. Rogério Ferreira 3 dezembro, 2017 at 06:05 Responder

    O autor desta matéria revela profundo desconhecimento dos fatos, a começar pela afirmação de que Roger é talvez o principal ídolo da torcida. O Botafogo sempre cumpriu com todas as obrigações estipuladas no contrato feito com o jogador que, por sua vez, demonstrou pobreza de espírito ao negociar contrato com outros times ainda vinculado ao Botafogo e tendo o início do tratamento de saúde custeado. Se o colunista considera isto certo é porque agiria igual ao Roger, o que é lamentável….

  12. Perenilton 3 dezembro, 2017 at 06:59 Responder

    Ele ganha pouco né meu caro a onde você viu uma empresa custear cirurgia para funcionários vai catar coquinho craque de um título

  13. Mustafá 3 dezembro, 2017 at 07:48 Responder

    Eu também fico muito indignado mas não me surpreendo. O poder, dinheiro, fama deixa o dito ‘ ser humano ‘ o maior traíra da face da terra.
    Depois quando um apresentador joga a história na mídia os responsáveis apresentam mil desculpas e querem se passar por injustiçado.

  14. Adriano 3 dezembro, 2017 at 07:59 Responder

    Ok, agradeço pela resposta e respeito a tua opinião sobre a grandeza do Internacional e Grêmio. Não sei quais são teus critérios de avaliação para dimensionar os times, mas então tu pode confirmar que o São Paulo com três Libertadores e três Mundiais é muito maior que o Corinthians?
    Pode acreditar Neto, no médio prazo o Colorado vai voltar muito forte. Essa diretoria está fazendo um bom trabalho e recuperando nossa grandeza, coisa que a direção anterior conseguiu destruir em dois anos. Espero que tu esteja torcendo para que isso aconteça, hehehe. E outra coisa, o Roger será bem recebido e terá o carinho da Nação Colorada
    Um grande abraço Neto!

  15. Alisson Moreira 3 dezembro, 2017 at 08:11 Responder

    Neto, não concordo que o clube tenha que pagar também! Vejamos se a faxineira da sua tiver que fazer uma cirurgia que custa 300.000 no Sírio Libanês você vai pagar???

  16. Rodrigo Santos 3 dezembro, 2017 at 08:14 Responder

    100 conto por mês e não tem convênio? Sou um simples operário, e se eu me ferir ou adoecer sem ser por conta da minha função,minha empresa não banca tratamento, por isso pago convênio. .

  17. Fábio Pontes 3 dezembro, 2017 at 08:45 Responder

    è craque Neto; isso é somente o espelho dos nossos políticos, parece que o brasileiro não sabe votar nem pra diretoria de clube de futebol!!!

  18. Wesley da Fonseca 3 dezembro, 2017 at 08:49 Responder

    Concordo plenamente!!! Torço para o Flamengo, por causa desses Incompetentes, o Futebol Brasileiro, nunca será como o Europeu!!!

  19. Rainery 3 dezembro, 2017 at 08:53 Responder

    Enquanto isso o funcionário público se não tiver plano de saúde morre em filas de hospitais. País hipócrita mesmo, o cara com salário astronômico não ter um plano de saúde realmente não tenho palavras pra comentar. Eu ganho 2.500 e pago um plano pra mim e minha mulher. Jogador de futebol não é Deus Neto, sou seu fã mas aí discordo demais. É por essas disparidades q nosso país ta esse lixo, igualdade pra todos pelo amor de deus

  20. Luiz Henrique 3 dezembro, 2017 at 08:54 Responder

    Neto sempre admirei o seu trabalho,mais mudando um pouco de assunto!!Voce pipocou pro Cristian no dia que ele esteve em seu programa ,falou que ele é ídolo do Corinthians!!ta de brincadeira diga -se de passagem!! Pipoca (e se tiver coragem se explique para que eu possa continuar gostando de você) responda no meu e-mail .

    • Craque Neto 3 dezembro, 2017 at 12:55 Responder

      Luiz, o Cristian construiu uma história no clube. Fez pelo menos duas grandes temporadas e reergueu o clube no momento mais difícil da história. Se ele não conseguiu jogar foi por problemas técnicos. Nunca faltou empenho do cara.

  21. Valdemar 3 dezembro, 2017 at 09:05 Responder

    É isso o trabalhador só serve quando tá dando lucro enquanto isso aduece pra se Aida serve . Não devemos esperar reconhecimento do homem só de Deus ele sim nunca nos abandona

  22. Vando Finger 3 dezembro, 2017 at 09:41 Responder

    Craque Neto. Isso não me surpreende. Pois o cara ganha bem e com certeza tem condições de pagar o procedimento, sem depender do SUS. O pior é o pobre trabalhador comum, que ganha salário mínimo e se ficar doente, tem que enfrentar a fila do SUS e torcer para ser atendido antes de morrer. Um futebolista do nível do Roger, tem no mínimo que pagar um bom plano de saúde. Não defendo o Botafogo, mas também não culpo. Jogador de futebol de elite ganha muito bem. Basta ter planejamento de vida. A maioria acha que a carreira nunca vai acabar e que nunca vão ficar doentes.
    Graças a Deus e ao trabalho dele, ele tem condições de custear a cirurgia, pois se fosse um trabalhador normal, estava pensando na fila do SUS ou já estaria enterrado.
    Abraço Neto

  23. Ricardo Cantergi 3 dezembro, 2017 at 10:03 Responder

    Tens razão Neto. Abraços de um colorado sofrido que embora tu tenha zuado muito ainda te lê e assiste. Eu te jogar, nas peladinhas quando criança tentava te imitar nas cobranças de falta. Se cuida. RICARDO CANTERGI.

  24. Flávio 3 dezembro, 2017 at 10:18 Responder

    Ele já tinha acertado com o Corinthians muito antes dessa cirurgia… quando a sua empresa não t dar um plano de saúde ou vc faz um ou vai pro sus

  25. Rodrigo 3 dezembro, 2017 at 10:19 Responder

    Eu nao entendo jogador. Ganha uma fortuna, nao paga porra nenhuma, ganha bicho (se analisar friamente é surreal) premio por conquista e ainda quer que o clube pague quando ocorre algo fora da curva. E vai na midia como se fosse dever do clube pagar. So pra causar. O duro é um cidadão comum ganhar 1 salário mínimo e sofre para pagar as contas , qdo vc fica doente vê se a empresa onde vc trabalhar arca com seu tratamento só futebol mesmo

  26. Claudio 3 dezembro, 2017 at 10:22 Responder

    Neto,na Boa,ele ganhava 200 mil por mes! e naoi tinha um plano de saude? Nunca vi uma empresa pagando um problema q nao foi criado nela ! isso acontece com milhoes de pessoas e só pq o cara é jopgador de futebol,vcs vem falar disso!

      • Diego 4 dezembro, 2017 at 00:49 Responder

        Mas quem tá reclamando é ele. O cara de pau passou em 300 clubes, nunca se firmou e agora que o Botafogo colocou ele em evidência vem pagar de coitado na mídia. Todos respeitamos a doença que teve e apoiamos sua recuperação, mas ganhar 200 contos por mês em dia e querer que o clube ainda arque com uma doença que foi uma fatalidade PUTA MERCENÁRIO.

  27. Otacilio 3 dezembro, 2017 at 10:26 Responder

    Neto o Salah aquele jogador q era do Roma q só sabe correr, tu criticava ele nos Jogos da Roma na champions hj ele é o destaque do Liverpool ao lado do Firmino (outro q vc n gosta) é artilheiro da premie league. Ta ruim?

  28. Richard 3 dezembro, 2017 at 10:54 Responder

    Ele é diferente da população?…..o SUS tá ai prá isso, vai chorar no colo do Lula,não se machucou no trabalho,qtos por esse Brasil afora estão aguardando cirurgias,ele teve condições e pagou agora ficar magoado com o clube que lhe pagava ,sim é ingratidão….o mundo dá voltas…

  29. Luiz 3 dezembro, 2017 at 11:27 Responder

    Sera que o que o Roger ganha de salário na dá para pagar um plano de saúde? Como um provedor de sua família é tão irresponsavel e pão duro, isso é mesquinharia.

  30. RAFAEL A DINIZ 3 dezembro, 2017 at 11:30 Responder

    É brincadeira que um jogador de futebol q ganha mais de 100 mil por mes vir querer tomar como obrigação do clube bancar esta cirurgia.. Por que os jogadores de futebol devem ter mais direito que a maior parte dos trabalhadores em geral que de matam de estudar e trabalhar pra se for bem sucedido ganhar de 5 a 15 mil por mes? Só pode estar totalmente fora da realidade… Concordo com a diretoria, se não esta em contrato, tudo oq vier é lucro, os 50% já foram de bom tamanho!

  31. Bruno 3 dezembro, 2017 at 11:42 Responder

    Netão no dia que foi o Rudy no seu programa, foi a primeira vez que consegui assistir seu programa do início ao fim. O cara é muito bom. Salvou o programa. Devia trazer ele toda semana.

  32. Rafael Galvão 3 dezembro, 2017 at 11:47 Responder

    Discordo de você Neto, o problema do atacante Roger não foi um acidente de trabalho portanto a empresa a qual ele trabalha de forma muito bem remunerada não tem obrigações, ele deve ter o seu inss recolhido e em contrapartida se não quer gastar que utilize o SUS assim como 99% dia brasileiros, a opção por cirurgia particular é de inteira responsabilidade do atleta, você deveria antes de comentar dar uma estudada na CLT assim como faz os bons jornalistas.

  33. Raul Tiago de Souza Filho 3 dezembro, 2017 at 12:07 Responder

    É aquele negocio,ao jogador de futebol tudo,…..eu acho que o jogador de futebol(no caso Roger)ganha muito bem e deveria pagar um plano de saúde,como é feito normalmente…..se não tem plano de saude tem INSS.,vamos deixar de ficar passando a mão na cabeça de jogador., e o clube é sempre reponsabilizado…..direito a tôdos deve ser igual…..

  34. Obiwan 3 dezembro, 2017 at 12:32 Responder

    Além do que, este paladino desinformado, não soube – ou não interessa neste contexto – que, mesmo antes de descobrir que estava com essa doença, seu “empresário”, já oferecia seus serviços a outros clubes além do Internacional, que manifestara interesse no jogador. Respeito e consideração se conquistam. Eu, enquanto torcedor do Botafogo, agradeço ao Roger pela forma como executou o trabalho pelo qual foi remunerado. E espero que seu futuro corresponda às suas espectativas, e seja muito feliz.

  35. Alexandre Alves 3 dezembro, 2017 at 12:46 Responder

    Tem muito Brasileiro que sustenta a sua família e ainda compra remédios ganhando pouco mais de um salario mínimo…eu não vejo ninguém nas mídias dizer que o empregador tem que ajudar a custear as despesas com remédios e tratamento do empregado…você tá aí defendendo a causa de um cara que ganha no mês oque a maioria do povo Brasileiro não ganharia a vida inteira …se esse jogador não tem dinheiro pra pagar a sua cirurgia qual o operário brasileiro que teria???…você foi muito infeliz no seu comentário defendendo a sua classe e esquecendo de ser imparcial.

  36. Manoel 3 dezembro, 2017 at 12:50 Responder

    Você buscou ouvir a diretoria do Botafogo? Você acha que seria uma obrigação, por quê? O jogador recebe um alto salário e todos os problemas de saúde relacionados a sua atividade como jogador, são custeadas pelo clube, como teria que ser. Porque o clube tem a obrigação de pagar outros problemas? É assim com qualquer empresa?
    Por outro lado, o presidente foi taxativo quando disse que Roger mentiu. O Botafogo parcelou a despesa e pagou!
    A premissa básica de divulgação de uma notícia é a de ouvirmos os dois lados antes de publicar asneiras.

    • Craque Neto 3 dezembro, 2017 at 12:57 Responder

      O Roger afirma ter provas. Sempre confio mais em jogador que em dirigente. Ainda mais o Roger, que é um menino que conheço. E seria uma obrigação porque ele é funcionário do clube.

      • Diego 4 dezembro, 2017 at 00:54 Responder

        Que parte do comentário do amigo você não entendeu? O clube NAO TEM OBRIGAÇÃO ALGUMA de pagar esse tipo de cirurgia. Todo aparato de saúde relacionado a profissão o clube oferece, essa doença infelizmente é uma fatalidade no qual o jogador que ganha 200mil tem que arcar. O Roger é um baita cara lisa isso sim. Perdeu todo o carinho do povo qu havia ganho em sua luta contra a doença. Se mostrou um mal agradecido e mercenário.

  37. Lulu 3 dezembro, 2017 at 13:37 Responder

    Que mundo vive esses que compartilham que o clube deve bancar despesas médicas de empregados? O salário do porte do jogador Roger permite muito bem ter um ótimo plano de saúde para ele e a família, como qualquer pessoa com boa condição salarial. Ele deveria agradecer se clube viesse a pagar parte das despesas médicas. Está parecendo desculpa para cair fora e jogar na mídia para sair com a boa imagem de garoto bonzinho criada no Botafogo.

  38. Carlos 3 dezembro, 2017 at 14:06 Responder

    Cite as 5 camisas de futebol mais bonita do Brasil? as 5 camisas de seleções e as 5 dos times Europeus que vc considera ser as mais bonitas?

  39. Henrique Bastos 3 dezembro, 2017 at 14:06 Responder

    Neto eu entendo que vc gosta muito do Roger, mas lá no Botafogo todos sabem que os caras vendem o almoço pra pagar a janta e essa cirurgia é cara.. O salario dele não deve ser baixo e provavelmente deve ter condições para bancar a cirurgia por si próprio. Talvez a MANEIRA que o dirigente falou com possa ter sido errada,

  40. Matfgh 3 dezembro, 2017 at 15:28 Responder

    Seja racional cara, não saia divulgando notícias 100% verídicas. Primeiro, uma parte o Botafogo pagou e já foi muito, mesmo sendo uma doença séria, o jogador que tem que arcar. É um absurdo vice ficar criando caso por isso. Vê se alguém da Bandeirantes, teus amiguinhos aí, ficam repercutindo casos de empregados sem dinheiro para por#! nenhuma de remédio e , muito menos, para cirurgia. Você só pode estar de brincadeira. Acha que os brasileiros tem a qualidade de vida de um dinamarquês.

  41. José Roberto 3 dezembro, 2017 at 15:48 Responder

    Neto você teria que ouvir os dois lados e pedir que mostrassem quanto foi pago e quem pagou e mesmo assim todos nós trabalhadores temos que ter o nosso plano de saúde para custear doenças que não foram geradas pelo trabalho ou vc acha que 95% dos comentários estão errados e só vc esta certo. Ele antes da doença já teve propostas maiores que a oferecida pelo Botafogo de outros clube fala isso para dar uma desculpa do motivo de ter saído do Botafogo. todos os time tem que ter pé no chão e saber dos seus limites, o Roger não é nenhum craque.

  42. Wender 3 dezembro, 2017 at 16:38 Responder

    Pô Neto o cara mais de 150mil reais e não paga plano de saúde??? Tá de sacanagem…… Ele é um fanfarrão…….. Se ele não paga um plano de saúde principalmente para a família dele ele é um safado……

  43. Jhonatan de sousa 3 dezembro, 2017 at 16:46 Responder

    Neto … eu Jhonatan de sousa nunca critiquei nenhum jogador do Botafogo independente na pior fase … sempre me emocionei gritei e chorei pelo meu time mesmo no interior do Maranhão tão longe do Rio… é sempre vejo por diversas vezes jogadores ou ex jogadores colocar culpa no clube … usar o clube de trampolim e vazar e deixar o Club com uma mão na frente e outra atrás… afinal nao foi assim com seedorf… e goi assim com o próprio Roger quando deixou a Ponte e veio para o Botafogo ao que vi o Botafogo pagou hospital e parcelou o médio em 3x pagou a primeira e ficaram duas … nesse meio tempo enviou uma proposta … é mau foi respondido por Roger… pois já tinha acertado com inter… é que seja feliz … mais até quando o time pode sair de errado e a te quando todos tem que passar a mão na cabeça do jogador a muito tempo os jogadores deixaram de ser o elo mais fracos afinal quem está quebrando aos montes e saindo de mãos amarradas pelos os jogadores e seus empresários sãos os clubes….

  44. Júnior 3 dezembro, 2017 at 16:49 Responder

    O problema do jogar roge já vinha com ele a tempo o clube tem um seguro que custeia qualquer coisa que aconteça com o jogar no exercício da profissão e não na doença pré existente que se manifesta no clube,e assim o clube ajuda se quiser sem obrigação trabalhista e aliás o salário que ele recebe dá pra pagar muito bem,ele fez com o Botafogo o que fez com a ponte preta e vice versa,e agora fica reclamando ele tinha que olhar pra trás e agradecer pois estava esquecido e no Botafogo veio de novo para o senario do futebol brasileiro mais a ingratidão é uma coisa do próprio ser humano vida que segue.

  45. Alexandre 3 dezembro, 2017 at 17:55 Responder

    Neto..O Pedrinho do Corinthians parece ser bom jogador,mas será que tem alguma coisa errada com ele? Parece que está com um saco se cimento nas costas.. não corre nem 10% do que corria nos jogos do Sub-20. Parece que já entra no jogo cansado, muleke novo deveria ter um preparo físico muito melhor..estranho né?

  46. Celio Melo 3 dezembro, 2017 at 20:00 Responder

    Craque Neto, já que se fala tanto em profissionalismo no futebol, os jogadores devem pensar ou seus empresário e ou até dirigentes dos clubes a pagarem um plano de saúde, assim como as empresas normais fazem com seus funcionários, escolhendo uma empresa de saúde.
    O Brasil só vai melhorar quando acabarmos com essa estória de receber tudo de graça, médico, remédios e etc. e etc.
    Você, como jornalista hoje e os jogadores de futebol são formadores de opinião.
    Vai Corinthians!!!!!

  47. mackraine 3 dezembro, 2017 at 20:16 Responder

    o problema de muitos são o salario ki o cara ganha
    independente o ki o cara ganha…ele correu atrás dos objetivos dele e por sinal conseguiu PARABÉNS pro roger otimo profissional…
    eu axo sim ki naum só o botafogo mas todos os times e empresas deveriam cuidar sim da saude de seu funcionario independentimente de valor de salario… e quanto a ida dele ao inter ele ta corretissimo se o fogão naum deu valor o colorado deu ….qualquer trabalhador trocaria de empresa se recebesse uma proposta melhor de outra empresa….to com vc neto idependente de salario botafogo fez pouco caso do seu funcionario naum custava nada o clube ter custiado como naum custou nada o proprio jogador ter custiado!!!

  48. Pedro Gimenes 3 dezembro, 2017 at 20:27 Responder

    Cara se eu fosse, Presidente de Clube, a primeira coisa que iria fazer, e jogador beijar escudo de time.
    Sao todos mercenarios, Jogador de futebol e pior que Puta. so grana.
    Neto seja presidente de clube, ai voce vai mudar essa sua concepção.
    Futebol e o esporte que sempre que se ferra e o torcedor, pois sofre e nunca tem valor.
    Eu ja fui varias vezes, e vi e senti na pele, pois voces ganham um monte, e ser perderem ou ganharem. nao dao a minima. Quero ver voce colocar dinheiro em clube, o unico que fazia isso era o lendario Dr.Castor de Andrade. Mas esse resolvia o tema de disciplina no tiro. certo ou errado

  49. Djalma 3 dezembro, 2017 at 21:19 Responder

    Enquanto isso um professor que ganha uma merreca é obrigado a se submeter as filas do SUS ou de alguma assistência médica pública…Brasilllll!!!!!

  50. Carlos 3 dezembro, 2017 at 21:38 Responder

    Se o Palmeias queria um cara para chegar e resolver no meio de campo tinha que ter ido atrás do Thiago Neves agora se queria um para resolver e ainda lucrar com uma venda tinha uje ter buscado o Gustavo Scarpa e não o Lucas Lima só acho.

  51. Luiz Fernando 3 dezembro, 2017 at 22:11 Responder

    Neto, despesas médicas que não estão relacionadas ao exercício da atividade contratada normalmente não são cobertas pela empresa. Eu, por exemplo, tenho um plano de saúde contratado. Vc já verificou o seu contrato aí na band? Muito provavelmente não tem cobertura. Será que vc criticará a band assim como está criticando o Botafogo?

  52. Paulo Henrique Torres 4 dezembro, 2017 at 00:17 Responder

    Olá Neto. Como você mesmo disse, o Roger é um funcionário do clube, e merece todo o aparo. E digo mais, é um operário sem o qual a matéria-prima não pode chegar a produto final. Concordo também quando dizem que ele tem salário que lhe permitiria um plano de saúde. De uma forma geral, todos estão certos nos comentários. Na minha humilde opinião, questões devem ser disciplinadas. Afinal, o futebol se transformou em mais um grande seguimento da economia. Emprega, gera receitas, agrega valor e assim por diante. Acredito eu que tanto os clubes quanto os jogadores têm suas representações (tipo sindicato patronal e o dos empregados). Caberia a ambos discutirem sobre questões como essa e chegar num bom termo, colocando preto no branco. Definir se o jogador deverá ter um plano de saúde ou um seguro. Se o clube deve subsidia-lo. É assim por diante. O que se tem hoje são tratativas individuais e pontuais que geram situações como este.

  53. MARCELO 4 dezembro, 2017 at 00:58 Responder

    Nenhuma empresa é obrigada a custear despesas médicas de seus funcionários. Ainda mais quando um funcionário tem um salário acima de 100.000,00. Isso é só uma demonstração de como os jogadores brasileiros são descuidados consigo e com sua família. Não passa de hipocrisia ou puro desconhecimento exigir tal conduta. Aonde estava o empresário do jogador que não fez essa exigência ao clube.
    Neto, faz um serviço a sociedade. Analisa só a parte tática do futebol.

  54. Deive 4 dezembro, 2017 at 11:02 Responder

    A empresa não é obrigada a pagar plano de saúde do funcionário. A rede pública existe pra isso.
    E o cara ganha mais de 100 e não pode pagar plano de saúde??

  55. Antônio Carlos 5 dezembro, 2017 at 15:22 Responder

    “Quer dizer, o atleta é funcionário do clube e deveria ter as despesas médicas totalmente custeadas” … Neto, respeito a sua opinião, mas lamento informá-lo que (neste caso específico) você está errado: Está escrito na nossa Constituição Federal que Saúde, Previdência e Assistência Social são DEVERES do Estado (União). Desta forma, não há que se falar que é obrigação do Botafogo pagar tratamento do Roger. Não posso acreditar que ele não pague um plano de saúde … Se não paga, deveria pagar. Mas isso me gerou uma dúvida. P´ra você deve ser mais fácil conseguir essa informação do que p´ra mim e (eu penso) que você deveria procurar saber e nos informar: O Ederson (do Flamengo) passou por um problema parecido nesse ano (tumor nos testículos). Será que o Flamengo pagou pelo tratamento do jogador? Isto é, se ele não foi tratado (acredito que não) nas dependências do clube ou por um médio do clube.